Míssil antinavio Kh-35, o “Harpoon russo”

A URSS/Rússia é tradicionalmente conhecida por seus pesados e rápidos mísseis de cruzeiro antinavio. Mas na guerra naval moderna, mísseis antinavios médios, subsônicos e com perfil de voo rente ao mar (Sea-Skimming) como o francês Exocet e o americano Harpoon mostraram seu valor inúmeras vezes, eram armas mais compactas e furtivas que davam alerta mínimo antes de atingir seu alvo. Em março de 1983, após uma avaliação da Guerra das Malvinas, a União Soviética começou a desenvolver seu próprio equivalente dos mísseis Exocet e Harpoon.