Análise do fratricídio do Il-20, perspectiva russa.

No dia 17 de setembro, por volta das 23h, horário de Moscou, uma aeronave militar russa Ilyushin Il-20M utilizada em missões de inteligência de sinais (SIGINT) sobre a Síria foi abatida por fogo amigo de um sistema de defesa antiaérea S-200 sírio, quando retornava à base aérea de Khmeimin, a 35km da costa síria, exato momento em que caças F-16 da Força Aérea Israelense (IAF) atacavam alvos na província síria de Latakia.