Raduga Kh-101/102, o “game changer” da Aviação de Longo Alcance da Rússia

O emprego operacional do novo míssil de cruzeiro russo Kh-101 nos últimos anos serviu para levantar o moral da Aviação de Longo Alcance da Rússia, que, mesmo desprovida de um bombardeiro furtivo de longo alcance, agora pode "derrubar a porta" do adversário com uma arma baixo observável de ultra longo alcance sem comprometer a integridade de seus bombardeiros.